quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Eleições FTX 2010/2014

O Presidente da Federação Tocantinense de Xadrez, FTX, no uso de suas atribuições estatutárias, vem convocar os Clubes e Associações e entidades filiadas no gozo de seus direitos, conforme estabelece o Estatuto da FTX, para a Assembléia Geral Ordinária, a se realizar em 05 de dezembro de 2009, em Palmas-TO, às 14 horas, em primeira convocação com maioria absoluta de participantes, e às 14h30’ em segunda convocação, com qualquer número, à Secretaria de Esporte Estadual, na Praça dos Girassóis em Palmas – TO na Sala de Reunião, com a seguinte ordem do dia: Item primeiro: Eleição do Presidente da FTX para o período de 2010 a 2014, dos membros do Conselho Fiscal, e homologação da nomeação dos demais cargos da Diretoria da FTX
Item segundo: Comunicações.
Cada entidade filiada será representada por seu Presidente, em exercício regular, ou por procurador devidamente qualificado por documento registrado em poder da FTX antes da data da Assembléia. Os candidatos podem estar enviando suas chapas para concorrer a presidência de FTX no e-mail xadrez_to@yahoo.com.br ate o dia 01 de dezembro de 2009.

Somente poderão participar das Assembléias Gerais, as “entidades filiadas com direito a voto na forma do Estatuto da FTX”.

Item Terceiro Dos Cargos Disponíveis.
Presidente e Vice-Presidente, Diretor Secretário, Diretor Tesoureiro, Diretor Técnico, Diretor de Arbitragem, Diretor de Patrimônio, Diretor Medico. Três membros para conselho fiscal efetivo e três membros para conselho fiscal suplente.

Alcides Bevilaqua
Presidente da FTX

2 comentários:

  1. Aonde eu encontro o estatuto da FTX? Para saber quem tem direito a voto.

    ResponderExcluir
  2. Se o objetivo de uma federação é atender as expectativas dos enxadristas referentes à organização e administração de ações que venham a difundir e fomentar a prática do xadrez, e sabido por todos que a Federação Tocantinense de Xadrez foi um atraso ao desenvolvimento do enxadrismo na região. Também é fato que a federação não contou em 2009 com calendário de atividades, não realizou à tão necessária reforma na diretoria prometida na última reunião realizada em fevereiro deste ano.
    Vejamos como está a situação:
    O senhor diretor de arbitragem Antônio José Ramos dos Santos, nem na última reunião compareceu, tanto eu como o Elias nunca o encontramos em nenhum evento enxadrístico aqui na capital.
    O senhor tesoureiro Prof. Luís Carlos, compareceu a reunião para dizer que o que foi feito foi o melhor que poderia ser feito, não o encontrei mais depois da ocasião.
    O senhor diretor técnico Eriberto Nascimento Santos, é o único que se fez presente em eventos enxadrísticos no estado, mas mostra-se indiferente frente aos fatos que serão comentados em seguida.
    Como se não bastasse, no final de 2009 lançaram um edital de eleição com 15 dias de antecedência às eleições para a presidência da FTX, onde pessoas que trabalham sério com o xadrez não tiveram direito a voto, opinião e nem sequer acesso ao estatuto da entidade, o que resultou em uma eleição às escuras.
    Acredita-se que a prática do xadrez estimula valores como honestidade, persistência, prudência e amizade, no entanto, aqui no Tocantins, tratando-se de federação ele tem sido sinônimo de preguiça, de incapacidade administrativa e de desvio de caráter.
    Na utopia de ver a FTX administrada por mãos firmes, que venham resgatar a credibilidade da instituição, é com muito pesar que afirmo não mais participar de qualquer iniciativa promovida pela entidade até que tais irregularidades sejam devidamente corrigidas.
    Professor Luciano Sanches Teixeira

    ResponderExcluir